quinta-feira, 15 de março de 2012

Eletricidade



Se você aprendeu como a eletrocussão mata através de desenhos animados – você é frito enquanto seu corpo pisca como fogos de artifício e todos conseguem ver seus ossos – você aprendeu errado. A eletricidade na verdade não frita você – isto de fato requereria muito mais potência do que o necessário para matá-lo, e na verdade é uma quantidade minúscula que precisa para matar um ser humano.


Quanto de eletricidade seria necessário para matar um humano? Eu vou deixar vocês assustados.


Sete miliamperes. Por três segundos. É só isso que precisa. A eletricidade mata você ao interromper o seu ritmo cardíaco. Se sete miliamperes chegarem ao seu coração continuamente por três segundos, “o seu coração fica arrítmico”, Daí todo o resto começa a desligar.


O motivo pelo qual a eletricidade não mata milhões de pessoas todos os dias com choques ultra-minúsculos é que os nossos corpos possuem resistência contra eletricidade, assim ela não vai direto pro coração. A resistência da pele é de aproximadamente 5 mil a 15 mil ohms.“É estupidamente difícil quantificar” com precisão quanto seria necessário para atravessar esta barreira, já que há todos os tipos de variáveis em jogo, como as roupas que você veste.


Os efeitos que a corrente elétrica pode causar no corpo humano dependem de vários fatores, os mais expressivos são: O trajeto que a corrente elétrica perfaz no corpo humano e a intensidade da corrente. Além destes fatores devemos saber como a pessoa entrou em contato com a corrente elétrica, separei três maneiras e vamos utilizá-las para organizar nossa analise, as maneiras são: atingida por um raio, contato com um corpo eletrizado e contato com circuito energizado.



1 - Quando um ser humano é atingido por um raio ele recebe uma grande descarga de energia. A corrente elétrica provoca graves queimaduras, lesa os tecidos nervosos e cerebrais, contrai os músculos, provoca coágulos, e pode paralisar a respiração. Neste caso, podem ocorrer queimaduras graves ou até mesmo a eletrocussão.
Esta descarga elétrica é causada por uma diferença de potencial entre a atmosfera e a superfície da terra, esta descarga acontece em pontos onde distância entre as partes for menor. Por isso não devemos ficar próximos de árvores quando esta chovendo.

2 - No contato com corpo eletrizado a pessoa recebe um choque de pequena duração. Na maioria das vezes este choque apenas causa um pequeno desconforto, mas, dependendo da intensidade da corrente, pode causar algumas queimaduras. Isso pode se agravar se o corpo estiver molhado. A nossa pele é um bom isolante quando está seca, mas essa resistência cai muito quando molhada, assim, ao passar pelo corpo humano molhado a corrente elétrica causa graves queimaduras.
Muitos são os relatos de pessoas que recebem um choque ao sair do carro e encosta na lataria, ou quando estão chegando em casa e pegam num portão de metal. Isso ocorre porque estes corpos estão eletrizados e parte das cargas elétricas é transferida para o corpo da pessoa.

O contato por circuito energizado é o mais comum no nosso dia-a-dia e, todas as lesões mencionadas acima podem ocorrer neste caso.
Dependendo do percurso da corrente no corpo humano ela pode causar muitas lesões e até a morte. Nosso corpo conduz eletricidade e dependendo do percurso da corrente elétrica, a resistência do corpo pode mudar, trazendo com isso mudanças na intensidade da corrente. Quanto maior a intensidade da corrente elétrica mais grave será a lesão, ou lesões que a pessoa terá. As lesões no organismo humano também se agravam quando a corrente elétrica passa por órgãos vitais, fazendo com que eles parem, na grande maioria dos casos, causando a morte.
Quando uma pessoa recebe este choque, seus músculos são contraídos e ela pode ficar presa no condutor da corrente elétrica, aumentando o tempo de contato e agravando as lesões.
Este tipo de choque pode matar a pessoa imediatamente, deixá-la inconsciente ou provocar uma queda onde as lesões também poderão ser graves. Muitas pessoas morrem ao tentar cortar galhos de árvores que estão perto de instalações elétricas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário